Instagram

Facebook

Pinterest

quarta-feira, 2 de julho de 2014

"A vida fica muito mais fácil quando a gente sabe onde estão os beijos de que precisamos"





Encanta-me a facilidade com que as crianças criam laços de afecto e ternura.
Não precisam de ser próximos para partilhar sorrisos. Distribuem beijos e abraços como quem oferece bolachas!
São doces no olhar e meigos nas palavras.
Por vezes ficam rezingoes e mal dispostos e em frações de segundos desaba o Mundo! Choram como se não houvesse amanhã e talvez esse seja mesmo o segredo.
Para eles não existe mesmo a noção real do amanhã.
Vivem o presente levando morfologicamente a serio a palavra: P-R-E-S-E-N-T-E dispensando embrulhos e laçarotes.
Admiro-lhes o perdão fácil.
Assim deveria ser no mundo complicado dos adultos!

Sem comentários:

Enviar um comentário