Instagram

Facebook

Pinterest

sexta-feira, 12 de junho de 2015

A sardinha mais linda do Santo António é minha!

Estás a crescer mesmo que no meu colo ainda te sinta pequenina. Foste a primeira filha, e durante muitos anos a única.
O colo que era só teu, que tantas vezes foi o teu porto mais seguro,está (há dois anos e meio) em custódia partilhada, com a nossa pequenina Madalena. Nunca demonstras-te qualquer espécie de ciúme. Mérito do meu esforço por saber distribuir e gerir atenções (talvez), mas também mérito teu, por saberes  tantas vezes compreender a vida acima do que é esperado na tua idade!

Cresces-te demais? Talvez... porque eu sinto muitas saudades da Mariana pequenina, mas isto não passa de dores de crescimento de mãe, que aliviam quando sinto orgulho na adolescente que tenho, ainda que ás vezes me tenha que zangar contigo!
O teu pediatra dizia que avaliava o teu estado saudavel, pelo numero de nódoas negras que te marcavam as pernas magrinhas. Eram uma espécie de, impressões digitais da tua infância feliz, o mapa do tesouro das tuas brincadeiras geniais!
Os nossos amuos são iguais, na medida em que nos temos que construir mais, para doer menos. As tuas quedas valeram a pena, levantaste-te sempre e aprendes-te a correr mesmo depois do joelhos todos esfolados!

Hoje levei-te a "brincar" e no meu colo estava escrito, reservado só para ti!



























Sem comentários:

Enviar um comentário